Ciência na alma

Dawkins,Richard - COMPANHIA DAS LETRAS

  • R$ 79.9
Comprar
Em até 2x R$ 39.95
R$ R$ 79.9 no boleto
Formas de Pagamento

Parcelamento:

  • 1x de R$ 79,90
  • 2x de R$ 39,95

FORMAS DE PAGAMENTO

  • Visa
  • Master
  • Elo
  • Diners
  • Amex
  • Boleto
  • Boleto
loader
Nome Prazo de entrega Valor
Descrição
<p><strong>Livro reúne 42 textos de Richard Dawkins, o racionalista que ilumina com sua erudição característica as maravilhas da natureza e ataca veementemente a lógica fajuta e a irracionalidade.</strong></p><p>Apesar de abarcar três décadas de produção escrita, este livro não poderia ser mais atual e urgente, nu(...)
Ver mais

Detalhes
- isbn: 9788535931044
- idioma: PORTUGUES
- paginas: 528
- edicao: 1
- encadernacao: BROCHURA
Sinopse
<p><strong>Livro reúne 42 textos de Richard Dawkins, o racionalista que ilumina com sua erudição característica as maravilhas da natureza e ataca veementemente a lógica fajuta e a irracionalidade.</strong></p><p>Apesar de abarcar três décadas de produção escrita, este livro não poderia ser mais atual e urgente, num mundo cada vez mais irracional e hostil aos fatos. Já na sua introdução apaixonada, Richard Dawkins faz um alerta insistindo para que a razão volte a ser protagonista e que os sentimentos — mesmo aqueles que <em>não</em> representam coisas abjetas como a xenofobia, a misoginia e outros preconceitos — fiquem de fora das escolhas eleitorais. Em mais de quarenta ensaios, artigos, palestras e cartas, recentemente revistos pelo autor, são escrutinadas uma série de questões, entre elas a importância das evidências empíricas, e há uma crítica enfática da má ciência, da presença da religião nas escolas e de movimentos como os que negam a gravidade das mudanças climáticas. Com o ardor de sempre, o cientista defende “a verdade sagrada da natureza” e homenageia as glórias e as complexidades do mundo natural com seu virtuosismo típico.<br />Neste momento em que pessoas nos altos cargos dos governos questionam a evolução, Dawkins se pergunta o que Darwin pensaria de seu próprio legado e celebra a ciência, que possui muitas virtudes das religiões, mas está livre do lado negativo da superstição e do preconceito.</p>